Advocacia no interior: como conseguir demanda de trabalho jurídico?

O trabalho de advogado pode ser difícil no começo. Porém, várias áreas podem ser exploradas, nas quais sempre há possíveis clientes.

A advocacia no interior, contudo, difere do trabalho nas capitais e grandes cidades. Existem demandas diferentes, particulares de cada região.

Seja um correspondente jurídico Adlogados

O advogado que atua no interior pode se especializar em alguma área ou focar em uma atuação abrangente para obtenção de mais clientes.

Para ajudar nessas decisões, trazemos no texto de hoje dicas para conseguir demandas de trabalho jurídico no interior. Confira!

Como é o mercado de advocacia no interior do Brasil?

O número de advogados no Brasil vem crescendo a cada ano e, atualmente, esse número passa de 1 milhão de profissionais, conforme informações do site da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Essa informação pode assustar pela concorrência, mas também significa que o mercado de trabalho apresenta condições favoráveis para essa profissão. Com a competição acirrada, o advogado deve se destacar na área em que atua e saber atender as demandas da região em que está inserido.

Sabe-se que, a depender da localização, áreas diferentes são mais procuradas. Por isso, é importante que o advogado saiba se adequar.

No interior há bastante demanda para correspondentes jurídicos. Isso porque os grandes escritórios de captais e cidades maiores têm muitas despesas para enviar associados às comarcas do interior para realizar atos mais simples, como audiências de conciliação, protocolo de petições, retirada de alvarás etc.

Contratar alguém que já atua na cidade é mais interessante, tendo em vista que o profissional já estará familiarizado com o fórum e repartições públicas, além de conhecer o funcionamento e os procedimentos internos. Dessa forma, o serviço fica mais célere e menos custoso para o escritório contratante.

Ainda, muitas vezes esses escritórios trabalham com contencioso de massa, e acabam por firmar uma parceria com o advogado correspondente, pois terão várias demandas naquele local, assim o serviço fica ainda mais rápido e especializado.

Desse modo, é essencial que o advogado busque se informar sobre as oportunidades e demandas de sua cidade, além de analisar a viabilidade da criação de parcerias, especialmente vantajosas no início de carreira.

Em quais áreas do direito posso atuar residindo no interior?

Todas as áreas em que o advogado pode atuar também estão presentes no interior. Claro que algumas terão mais demandas que outras, uma vez que, pela região, os clientes precisarão de advogados por diferentes motivos.

Recuperação judicial e reestruturação de dívidas

Em momentos de crise, as demandas relacionadas à recuperação judicial de empresas e reestruturação de dívida costumam crescer em todas as regiões. Apesar de menos presente nas cidades do interior, é uma área que pode destacar o advogado.

Várias empresas, principalmente as pequenas, lutam para sobreviver e buscam auxílio jurídico para isso. Nessas horas, um advogado que presta uma boa consultoria a respeito das normas legais se destaca. Você pode ajudar o cliente a escolher quais rumos tomar, como reestruturar as dívidas e impostos a serem pagos.

Direito trabalhista

Outra área que está sempre presente é o direito trabalhista. Em todas as cidades, ainda que no interior, possuem relações de emprego, que muitas vezes acabam resultando em uma reclamatória trabalhista.

Desse modo, a advocacia trabalhista sempre possui demanda, tanto para a defesa do trabalhador quanto para a defesa do empregador.

Direito ambiental

Em comarcas no interior também há uma grande demanda a respeito do direito ambiental. Por exemplo, existem muitas áreas próximas a rios, com mata nativa ou outras reservas que, por lei, são resguardadas e não permitem a construção ou exploração.

Muitas vezes, por desconhecer as normas, as pessoas acabam adquirindo, construindo ou mesmo explorando a área de reserva, acarretando problemas judiciais com o estado.

Assim, o advogado que conhece o direito ambiental poderá ajudar o cliente a respeito das normas ambientais, defender seus interesses em processos administrativos e judiciais, e até mesmo requerer a redução de multas ou outras sanções que podem ser aplicadas por lei.

Direito do consumidor

Assim como o direito trabalhista, o direito do consumidor está presente em todas as áreas do país. A relação de consumo ocorre no cotidiano das pessoas, e muitas vezes acarreta o descontentamento e violação das normas do Código de Defesa do Consumidor.

Essa área permite, também, o contencioso de massa, ou seja, várias ações versando sobre o mesmo assunto, com autores diferentes que sofreram o mesmo dano.

Focando isso, advogado pode aumentar a sua cartela de clientes, pois mesmo em cidades do interior os direitos do consumidor são diariamente desrespeitados pelas empresas, e muitas vezes as relações de consumo envolvem empresas grandes, situadas em capitais, como casos envolvendo serviços de telefonia e internet.

Advocacia correspondente

Advogando no interior, também é possível explorar a advocacia correspondente, atuando a serviço de outros advogados, o que permite adquirir experiência e contatos, dentre outras vantagens. Para conhecer mais sobre essa especialidade, acompanhe o próximo tópico. 

O que faz um advogado correspondente?

Uma área que gera bastante demanda, principalmente em comarcas do interior é a de correspondência jurídica. Trata-se de um nicho em que o advogado pode atuar para aumentar a sua renda e ganhar experiência.

O advogado correspondente é aquele contratado para realizar atos específicos para outros advogados, como protocolo de petições, fotocópia de processos, requerimento de informações junto aos cartórios, acompanhamento em audiências e, até mesmo, consultas com clientes, que teriam um alto custo com o deslocamento para a comarca em que deve ser realizado o serviço.

Vantagens de atuar como correspondente 

A atuação como correspondente jurídico traz diversas vantagens. O correspondente não precisa ficar atrelado a somente um cliente e, na maioria das vezes, nem terá contato com autor ou réu de ações, realizando somente tarefas administrativas ou de representação.

Por isso, não é necessário ter um escritório próprio, podendo economizar com custos de manutenção no início da carreira.

Ainda, a atividade pode ser feita de acordo com a disponibilidade de horários, adequando-as à sua rotina. Dessa forma, poderá conciliar essa atividade com o estudo para concursos ou outro emprego, por exemplo. 

Contudo, sempre há prazos a cumprir, e qualquer profissional deve ser responsável e realizar as demandas no tempo estipulado.

Além de tudo, o advogado correspondente ganhará experiência em várias áreas e aumentará os seus contatos no fórum, cartórios, delegacias etc.

Como conseguir demandas de correspondência no interior

Sabendo das vantagens de ser um advogado correspondente, fica a dúvida: como conseguir demandas?

A melhor forma de conseguir clientes é utilizando um portal específico para correspondentes jurídicos, conectando-se com advogados do Brasil inteiro. O portal fará todo o trabalho de divulgação do correspondente, que apenas terá que anunciar os serviços que realiza e quais comarcas pode atender.

No portal o advogado terá um perfil, e ao deixá-lo público, os contratantes escolherão de acordo com as cidades e atos que necessitam.

Em alguns casos, a especialização do advogado pode influenciar na escolha de um escritório. Por exemplo, um escritório com demandas trabalhistas pode dar preferência para um advogado da área, por buscar experiência no momento da contratação. 

Este texto te ajudou a entender como conseguir demanda para advocacia no interior? Quer saber mais sobre a advocacia de correspondência? Entre em contato conosco!

Este artigo foi escrito por Adlogados